Em todo lugar que se ouve falar de alguém querendo perder peso, sempre haverá alguém falando de alguma dieta da moda. É quase impossível não associarmos alguém que emagreceu muito, com a prática de alguma restrição calórica extrema e sofrimentos diários por causa da abstenção das guloseimas do dia a dia. Mas acredite, emagrecer não tem nada a ver com dietas, pois elas não funcionam e a maioria das pessoas falham em segui-las!

É isso mesmo que você leu! 

Se uma dieta funcionasse pelo simples fato de restringir calorias, ou nos causar algum tipo de sofrimento por causa da abstenção de sabores e cheiros prazerosos, então a maioria das pessoas que se submetessem a uma dieta, sairiam vitoriosas contando os quilos perdidos.

No entanto, antes de você continuar a leitura, quero deixar claro que não sou contra nenhuma dieta. O raciocínio que quero trazer aqui é que você compreenda que a forma natural do ser humano é ser magro, pois afinal de contas, ninguém nasce acima do peso e cheio de complexos emocionais por causa das gorduras localizadas. O natural do ser humano é nascer em seu peso ideal para a idade, e à medida que ele começa a se alimentar é que os quilinhos vão aparecendo.

Mas lembre-se de outra coisa: 

O natural é que as pessoas também se movimentem. A tão temida atividade física é algo que para o homem deve ser natural. O natural é que uma criança se alimente menos do que se movimenta. Imagine nos tempos dos nossos avós, onde as crianças passavam o dia correndo de um lado para o outro, e às vezes se esqueciam até de comer. 

A abordagem aqui é sobre algo ser natural, e não normal. Pois o normal pode ser traduzido a partir da cultura de uma sociedade. E essa cultura pode ser alterada como as pessoas dessa sociedade se relacionam entre si a partir de influências da tecnologia. 

Então veja:

O normal hoje é que as pessoas passem mais tempo em seus smartphones acessando a internet, do que convivendo presencialmente uma com as outras. As pessoas passam mais tempo sentadas do que se movimentando. As pessoas se alimentam mais de comidas industrializadas do que de comidas naturais.


Perceba que o normal de hoje em dia é diferente do normal de antigamente.

Mas o natural não muda! 

O que é natural é imutável. Não tem como eu querer plantar uma semente de maçã hoje e amanhã querer colher dezenas de maçãs desta semente plantada. Isso acontece, pois as sementes precisam de um processo NATURAL para crescerem e dar frutos. 

O mesmo acontece com o nascimento de uma pessoa. 

É impossível você ter relação com seu cônjuge hoje e amanhã esperar receber seu filho, fruto desta relação de hoje, chegar de carro da faculdade, já com 21 anos de idade.

Percebe a diferença?

Podemos chamar de NATURAL tudo que faz parte de processos imutáveis. E de NORMAL tudo que é moldado e influenciado pela maioria. 

Neste caso, podemos dizer que o NATURAL de uma pessoa é que ela se movimente mais do que ela come. Já o NORMAL é que as pessoas comam muito e passem a maior parte de seu tempo sentadas ou deitadas. 

É por isso que não sou contra dietas, mas posso afirmar que dieta por si só não funciona. E as pessoas que tentam segui-la se frustrarão, pois tentarão fazer algo que não faz parte daquilo que é NORMAL. O NATURAL é comer menos e se exercitar mais. O NORMAL é comer mais e se exercitar menos.

Quando a pessoa se vê nesse conflito ela desiste achando que dieta não é algo benéfico para o ser humano, pois causa sofrimento. A questão é que toda mudança causa sofrimento, pois vai fazer com que saiamos da zona de conforto e mudemos nossos hábitos.

Agora que fizemos essa introdução, vamos falar como fazer dieta da forma certa para não falhar durante o processo e desistir no meio do caminho. Vamos falar sobre mudanças que nos levarão ao NATURAL do ser humano, mesmo que não pareça tão NORMAL!


A Indústria do Emagrecimento Não Quer que Você Saiba a Verdade


Lembre-se de algo, por detrás das grandes propagandas sempre haverá a busca incessante pelo lucro. Não sou contra o lucro e nem contra a venda de produtos ou serviços que vão beneficiar a sociedade. Mas quando a verdade é suprimida pela mentira com foco apenas no lucro, e não no bem-estar das pessoas, aí a história é outra.

Por exemplo, existem suplementos que simplesmente são fantásticos, pois nutrem nosso corpo, dando capacidade para ele realizar algumas funções importantes na queima de gordura. Mas a mentira se encontra quando dizem que você poderá comer o que quiser e ainda passar o dia deitado, bastando apenas tomar um comprimido mágico para dormir gorda e acordar magrinha. 

Este tipo te informação não é verdade. 

Eles tentam te empurrar a dieta da moda para que determinado programa ou produto seja vendido, sem se preocupar com a característica biológica de cada um. Uma coisa que funciona pra você, pode não funcionar pra mim, e vice versa. Então a dieta da modelo, atriz, inflencer ou atleta, pode não ser a melhor pra você. Funcionou pra elas, mas não funcionará para todas, pois cada organismo responde de forma diferente aos estímulos dados.

Eis um dos porquês das dietas não funcionarem: nós somos diferentes.

Lembre-se que uma dieta, nada mais é do que uma alteração em nossa rotina alimentar, fazendo com que alguns alimentos sejam excluídos e outros acrescentados. Por isso existem tantas dietas, pois para cada grupo de pessoas que se enquadram em uma semelhança biológica, é necessário um tipo de dieta diferente.


Perder Peso e Ganhar Massa Muscular Não é Simplesmente Subtrair e Somar


Por trás de toda dieta para emagrecer rápido, existe a seguinte crença popular:

"Se eu cortar 500 calorias por dia, ao longo de 10 dias terei tido um déficit calórico de 5000 calorias. Logo, emagrecerei essa quantidade relacionada a quilos corporais. Mágica perfeita!" 

No entanto, mesmo que a conta matemática esteja correta, não é o que acontece com nosso corpo e como ele reage ao longo do tempo. Pois em poucos dias você perceberá que a perda de peso, que no início era acentuada, começará a estagnar. Quando você parar para notar, verá que está cada vez perdendo menos peso e comendo cada vez menos.

O pensamento que muitos tem quando chegam a esse ponto é de cortar mais calorias para voltar a emagrecer mais. E aí entra o perigo, pois a pessoa começará a se alimentar mal, não ingerindo os nutrientes necessários para manter a saúde. E na tentativa de perder gordura, a pessoa estará perdendo sua qualidade de vida e sua saúde.

Lembre-se disso: Quantos menos você come, menos você irá perder gordura. Isso acontece pois o corpo entende que se você está comendo menos, ele precisará guardar estoques de "mantimento" através das gorduras localizadas.


A Inteligência Sensacional do Corpo Humano na Perda de Gordura


Acredito que não seja nenhuma novidade para você que seu corpo é uma máquina incrível, possuindo diversos recursos e processos para te manter vivo. Mas muitas pessoas não sabem como funciona o processo de perda e ganho de gordura do nosso corpo.

Existe um mecanismo de defesa do nosso organismo que é ativado no momento em que passamos a comer pouco. Este mecanismo faz com que o corpo passe a estocar gordura na tentativa de criar um repositório energético. Além disso, ele passa a gastar menos energia, tendo em vista que está recebendo menos comida. Se ele gastar menos energia, quer dizer que seu metabolismo ficará mais lento e você se sentirá cada vez mais cansado e sem disposição.


Dietas que Engordam e a Solução Definitiva


Agora imagine a seguinte situação: 

Você inicia uma dieta restritiva e passa a consumir dois terços a menos de calorias que você estava acostumado a ingerir. Seu corpo começa a notar a mudança brusca, e passa a estocar fontes de energia a partir do acúmulo de gordura.

Além disso, seu corpo passa a gastar menos energia e diminui seu metabolismo. Você passa a se sentir fraco e sem paciência com todo o processo, você resolve comer de volta o que você comia. 

Mas, a partir de agora, você não só vai consumir o que você consumia, como irá querer repor o que não comeu nos dias de dieta, entrando numa compulsão frenética. 

Você começar a ingerir mais do que ingeria antes, e seu corpo está gastando menos do que gastava antes da dieta. O que vai acontecer? Você irá engordar mais rápido e sofrerá do famoso efeito sanfona ( Engorda, Emagrece, Engorda, Emagrece, Engorda, Emagrece, e assim por diante...).

Dietas restritivas, que não são feitas da maneira certa podem acarretar em prejuízo para nosso corpo. Por isso, a solução se encontra em mudar seu estilo de vida aos poucos. Fazendo pequenas alterações no decorrer dos meses. Além disso, é importante dar pequenos estímulos em seu corpo fazendo alguns dias de detox, e outros de uma alimentação mais suja (quando digo "suja", quero dizer comendo o que quiser).

Vá mudando seus hábitos alimentares e sua rotina de treino aos poucos, voltando seu corpo ao padrão NATURAL, e não NORMAL. 

Aos poucos você verá que o excesso de peso começará a dar lugar às curvas e músculos torneados e bem modelados.

Lembre-se sempre disso:

O processo de emagrecimento definitivo não é uma corrida de 100 metros rasos. Mas uma maratona de quilômetros de distância, nas quais a resistência conta mais que a velocidade. 

A imagem abaixo é uma piada, mas representa bem o que estamos falando. Está escrito que levou 16 semanas de dieta e treino pesado para alcançar um corpo propício para o verão, ou seja, corpo sarado. Mas levou apenas 16 dias de bebida e comidas ruins para voltar ao corpo antigo para passar o inverno. 

Literalmente tudo o que falamos acima. Semanas para se construir um corpo que foi "destruído" em 16 dias. Portanto, não adianta entrar em dietas milagrosas da moda para se alcançar o corpo que deseja em pouco tempo. Isso fará mal para você e para sua saúde. 

Busque ser disciplinado e aprenda a fazer pequenas mudanças. Essas mudanças a longo prazo terão um efeito formidável em seu corpo, tanto na parte estética, quanto em sua saúde!